top of page

10 Práticas de Marketing essenciais para a sustentabilidade do seu negócio

Atualizado: 16 de ago. de 2023

Isole o ruído e abrace aquilo que você dá conta - sem culpa, hein?!

Foto: Banco de imagens Canva

Eles dizem:

“60% já usam inteligência artificial para criar conteúdo. Você não quer ficar para trás, né?!”


“Threads atingiu 70 milhões de usuários em dois dias. Cadê a sua marca lá?”


“O mercado de NFT chegará a US$ 300 bilhões até 2030. Você está perdendo tempo e dinheiro não criando um para a sua marca!”


Uau, uma enxurrada de você DEVE, TEM QUE, ESTÁ PRA TRÁS, CADÊ VOCÊ, TÁ

TODO MUNDO LÁ!


Já se sentiu confusa ou incomodada também com essa necessidade de aplicar todas as ferramentas ao seu negócio?


Eu amo inovação e fico perplexa com as maravilhas que estão surgindo. Procuro me informar sobre o que está rolando, mas uma coisa é certa e nunca vai mudar: “tem que ter estratégia, tem que fazer sentido para você”.


Se pergunte: - Onde eu e minha marca realmente precisamos estar?


Veja a seguir as 10 práticas de marketing que ajudarão a evitar a perda de foco no que é essencial para o seu negócio:


| 1- Abra os ouvidos para o seu público

Quais são os maiores perrengues dos seus clientes? Quais suas dores? Ao invés de utilizar softwares para criar persona ou traçar perfil, escute o que seus potenciais clientes têm a dizer. Não existe forma melhor para acertar a mão no negócio, do que ouvir a realidade.


| 2- Crie uma base de leads (se você não tem)

Não importa se ainda não tem um software para gestão. Crie um arquivo onde terá nome/whatsapp e/ou email de quem já teve contato com a sua marca. Isso é ouro! Cuidado para coletar somente dados essenciais e não sensíveis (alô LGPD!).

A partir dessa lista, você cria segmentações e elabora estratégias para cada estágio de cliente.


| 3- Classifique os clientes que já compram

Com isso, você define o esforço e investimento que cada cliente requer. A classificação possibilita a personalização das ações de marketing e abordagens comerciais. Uma das ferramentas mais usadas é a curva ABC. Um método que se baseia no Princípio de Pareto (regra 80/20, já ouviu falar?). Você vai classificar como A, todos os clientes que estão dentro do bloco que representa 80% do seu faturamento. Na categoria B, coloque os clientes de média relevância (representam 15% do faturamento). Já no grupo C, ficam os clientes de baixa relevância (representam apenas 5% da receita).


| 4- Desenhe a jornada de compra

Papel e caneta na mão e vamos lá: coloque o consumidor no centro e anote todos os passos que ele percorre até comprar o seu produto ou serviço. Aqui você terá grandes indicações de onde precisa investir tempo, energia e dinheiro para atrair e manter seus clientes. Ex.: criar um canal de captação de clientes, melhorar a embalagem, enviar um formulário de satisfação após a compra, etc.


| 5- Escolha os canais onde vai estar

Comece pelo básico pelo que cabe na sua rotina. Onde o cliente está e deseja encontrar a sua empresa? Faz sentido abrir uma conta empresarial na Threads se o seu cliente prioriza o contato humano e espera que você vá tomar um café com ele para conversar e demonstrar o novo produto?


| 6- Atualize as suas informações em todos os pontos de contato

Revise todos os seus canais e replique as informações comerciais para todos. Ex.: o site, whatsapp business, assinatura de e-mail estão atualizados? Todas as formas de contato estão nos canais? Isso garante que ninguém se perca no meio do caminho, além de transparecer profissionalismo e organização.


| 7- Foque energia em “terrenos não alugados”

Quem aí sofreu com o apagão do whatsapp em 2022? Perdeu vendas também? Não conseguiu falar com seus clientes e atrasou os pedidos? Essa foi uma pequena amostra que sinaliza o quanto estamos reféns de ferramentas sob gestão de terceiros. Procure investir em criar canais diretos com o seu cliente, como site e newsletter.


| 8- Crie uma excelente experiência para todos. Empatia sempre.

Não adianta tratar a cliente com a maior educação e gentileza do mundo e deixar as farpas para a sua equipe. Pense que o seu marketing é construído e sustentado a todo o instante por todos. É fundamental criar um ambiente saudável para além da imagem. A realidade precisa condizer com aquilo que você diz.


| 9- Faça pesquisa de satisfação semestral

Não precisa ter um sistema fabuloso para começar. Apenas comece. A pesquisa precisa ser anônima e deixar o cliente livre para se expressar. Direcione as perguntas que você tem interesse, mas também deixe campos abertos. Coragem para ouvir o que vem com humildade, tá?!


| 10- Traga seus dilemas para a comunidade

Os comentários e dicas mais relevantes que eu recebo são das minhas “concorrentes do coração” aqui da B2Mamy. Elas sabem e passam pelas mesmas dores que eu. Escutar o que elas tem a dizer, tem me ajudado a evoluir e pular etapas. Traga vulnerabilidade para trocas reais.



Texto escrito por Ângela Cislaghi, B2Mamy Lover e conteudista da B2Mamy, empreendedora e mãe do Vicenzo. Publicitária, especialista em marketing e endomarketing, utilizando premissas como ESSÊNCIA e AUTENTICIDADE. Mais de 18 anos atuando com marketing B2B e B2C no mundo corporativo. Founder da Galena, um hub de marketing externo completo.


 

Quer fazer parte do time de conteudista da B2Mamy?


Conheça os planos de assinatura da B2Mamy.

Clique aqui e entre para a Comunidade.

Posts recentes

Ver tudo

تعليقات


bottom of page