De executiva à mãe empreendedora: por que dói esta transformação?


Desde antes da crise econômica do mercado e das primeiras discussões sobre o fim do trabalho formal com carteira assinada, temos presenciado uma enxurrada de mulheres na faixa dos 30 ou 40 anos super qualificadas, abandonando o mundo corporativo das multinacionais e lançando-se ao empreendedorismo materno.

Tudo isso acontece ao mesmo tempo em que ganham espaço as discussões: de gênero, do equilíbrio de responsabilidades sobre a criação e cuidado dos filhos e da busca por mais direitos e reconhecimento das mulheres no mercado de trabalho.

Em eventos voltados para empreendedoras, ouvir ex-executivas narrando suas jornadas cheias de coincidências e com lágrimas nos olhos é uma certeza.

E durante o horário do almoço, nos restaurantes e praças de alimentação dos shoppings, é bem comum presenciar mães executivas ainda na ativa, chorando ao confidenciar seus dilemas e o preço de suas escolhas.

Uma parte deste choro vem da nova consciência que a maternidade trouxe para estas mulheres sobre o mundo e a vida. E outra parte vem da dor de ter que transformar ou romper com o que as definia até aquele momento.

Vamos pensar sobre este segundo ponto:

Estas executivas e ex-executivas foram definidas em grande parte (nos últimos 10 ou 20 anos que antecederam a maternidade) pelos grandes desafios que superavam em suas carreiras, pela capacidade de liderança que exerciam, pelos diplomas que conquistaram, pelas metas e resultados que atingiam, pela admiração que atraiam, pelas suas rotinas atribuladas de aeroportos, congressos e treinamentos, e até mesmo pelo seu dress code.

Era uma vida cheia de certezas, que de repente são substituídas por dúvidas. Mas, as empresas não podem esperar por mais de 6 meses para estas mulheres reverem suas certezas e reacomodarem suas prioridades.

Estas mulheres pertencem a uma geração que está no meio do caminho entre a conquista do controle absoluto sobre sua vida e carreira e a herança social e cultural da responsabilidade sobre sua família e rotina doméstica, ainda que conte com uma rede de apoio. No modelo ainda predominante de criação e educação dos filhos, é comum ouvir que as mães dão as raízes e os pais dão as asas.

Enquanto a sociedade caminha aos poucos para uma solução mais equilibrada, vários são os dilemas destas executivas sobre a carreira. E várias são as soluções. Não há certo nem errado. Há escolhas e preços a serem pagos.

Então, se você tem uma história parecida com esta, e acha que empreender é a sua solução, leve isso a sério, muito a sério, porque:

1.É solitário;

2.É arriscado;

3.Não tem o glamour que você pode estar esperando;

4.Custa tempo e dinheiro;

5.Você pode ter se iludido e escolhido um negócio que se revele pouco lucrativo.

6.E nem sempre vai te dar a flexibilidade que você procurava. Na verdade, vai fazer com que trabalho e vida pessoal se fundam de uma maneira que você jamais tinha imaginado.

Pode ser que seja só uma passagem, que seu projeto não resista às novas fases dos seus filhos; pode ser que você se torne uma empreendedora de sucesso; pode ser que você retorne ao mercado das multinacionais. Mas, a verdade é que você nunca mais será a mesma depois de ter vivido o empreendedorismo materno.

Esse texto foi um presente corajoso da B2Mana:

Lucianne Branquinho

Admnistradora, amiga de várias mães executivas e várias mães empreendedoras.

@beonday

#ideias #mentoria #maternidade #rededemaes #planejamento

119 visualizações

Tel: (11) 942352721

contato@b2mamy.com.br

Use as # nas redes sociais

#b2mamy

#botaelasnopalco

#fightlikeamother

Casa B2Mamy Reabre!

Horário de funcionamento
9h às 19h *exceto de feriado


A Casa B2Mamy Wishe está tomando todas
as medidas de segurança e higienização baseadas no protocolo governamental do Plano São Paulo.

 

Te esperamos em Casa

Rua Mateus Grou, 576 Pinheiros 

São Paulo - SP

#vamosjuntasmascomcuidado

Nos acompanhe

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone YouTube
  • Whats App
Assine a nossa newsletter
Whatssap.png