• B2Mamy

A turma do infinito


13 de agosto de 2020.

T-R-E-Z-E! parando para relembrar tudo, me vem o Zagallo na cabeça: 13, número que assusta alguns, mas que significa sorte para outros. E que sorte a nossa!

Assim começou a jornada da turma 8 do programa de aceleração da B2Mamy. No auge das minhas 36 semanas de gestação.


Toda essa turma sabia que seria intenso, mas não tinha ideia de que ali, naquele momento, começava uma caminhada sem volta. E vou te contar o porquê.

Naquela época, tudo era mais restrito. Não tinha tanta gente pela cidade, o comércio estava com funcionamento parcial, não tinha Casa aberta, não tinha olho no olho e nem a chance de um abraço. Mas nesse dia 13 de agosto o universo abriu um portal. E nele começamos a nos conectar entre tantos nomes, rostos e vozes diferentes. No caos.

Começamos inspiradas e acabamos chorando. Nesse momento nos demos conta que estávamos no início de uma gestação. Eram diferentes propostas e propósitos no começo de um período de desenvolvimento, de crescimento e de ganho, seja de formato, seja de relevância.

E como toda gestação, depois da descoberta e da inspiração para gestar, vem a preocupação com as questões financeiras e legais. “Precisamos olhar tudo com cuidado para nos sentir mais seguras no momento da chegada”. E a cada nova imersão, mais afinidades, particularidades, diferenças e novos olhares surgiam. E descobrimos juntas que a distância não significava impedimento para nada.

Em paralelo, o grupo de Whatsapp foi tomando proporções humanamente impossíveis de desgrudar. Havia (e há) muita vontade de compartilhar. De ninguém soltar a mão de ninguém. De ocupar espaços e subir no palco, JUNTAS.


Aula online - Programa de Aceleração B2Mamy Pulse

Vieram então os desafios de levantar recursos para garantir o que esse filho precisaria. E desde então, o mantra: “lança lean. Erra barato. Aprende rápido” não desgrudou mais de nenhuma de nós. Nosso vocabulário mudou. Vivemos em MVP, temos early adopters e pivotamos, se necessário for.

Nessa época, prestes a completar 40 semanas de gestação, ganhava o olhar carinhoso e o apoio de cada uma delas, minhas companheiras de jornada. E ouvia: “sossega e vai parir. A gente tá aqui. Tá tudo certo!”.

E nesse ambiente seguro, quatro dias depois, Ian, nosso bebê “Pulse”

chegou. Foi recebido, acolhido e acarinhado por toda a turma. Aqui, a naturalização da maternidade se concretizou para mim. Para nós.

No primeiro checkpoint, junto com o frio na barriga, veio a certeza de que as coisas já não eram mais como antes.

Novos desafios chegaram. Estremecemos. E quando pensamos que as coisas não teriam mais jeito, nos olhamos, validamos nossas dores e decidimos juntas, seguir mais unidas do que nunca. E acho que esse ponto foi fundamental para que chegássemos aqui, assim como chegamos.

As trocas, ajudas e colaborações se tornaram mais frequentes. Novos negócios foram viabilizados. Alguns se fortaleceram, outros voltaram alguns passos. Durante toda a jornada, vibramos a cada nova oportunidade para cada uma de nós. Marcamos presença em cada live, post, lançamento, desabafo, risada, dores e conquistas.

Cada novo encontro trouxe uma nova oportunidade. Um novo olhar. Um novo cuidado. Mas também tivemos medo. Aprendemos a nos mostrar vulneráveis e a pedir ajuda. Nos unimos mais e ajudamos. Apoiamos mulheres e seus CNPJs.

Vieram as vendas e o medo de não saber como fazer isso. Aprendemos que a empresa toda ou vende, ou trabalha para vender. E nunca isso fez tanto sentido. A nossa sede por conhecimento é tamanha que ganhamos encontros extras. A nossa vontade é tanta que depois dessas aulas, ficava difícil de dormir. E o nosso desejo era de compartilhar tudo isso com mais gente. E assim fizemos - e seguiremos fazendo.

No segundo check point, o frio na barriga foi substituído por ainda mais vontade de fazer acontecer. E pelo começo do fim.

Vieram encontros sobre investimentos, mais sobre marketing digital, mais sobre dados e crescimentos.

Mais sobre NEGÓCIO!

Mais sobre Pitch. Um atrás do outro.


Tanto que já pedimos para que outros se apresentem com tweet pitch.



Na reta final, descobrimos que somos a turma do infinito. O número oito nos mostrou isso. Unimos algumas pontas que nos fazem seguir assim. Optamos por ser instantes memoráveis do infinito.

Terminamos completamente diferentes. Nossas ideias se transformaram em NEGÓCIOS. Vibramos com cada oportunidade e passo de cada uma de nós. Sem nenhum encontro presencial de toda a turma, mas com a sensação de que crescemos juntas. E crescemos!

Nossos nós foram atados de tal forma que nos unimos para que não houvesse desempate para as apresentações na formatura. Escolhemos ter 13 pitchs.

Lembra do Zagallo? T-R-E-Z-E! E a nossa turma é para sempre.

Por que “Pulse Infinito” também tem treze letras.


Mas, se você pensa que acabou, preciso te dizer que tem mais. Como toda a nossa jornada, surpresas acontecem! E uma nova oportunidade se abriu. Os 13, viraram 14!


Desculpe, "velho Lobo", mas aqui a força é FEMININA.


Mais uma no nosso palco. Porque juntas somos infinito, somos corrente, somos PULSE


Marina Franciulli Fundadora da @mazzicomunica

e apaixonada por conexões



87 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Whatsapp (11) 942352721

casa@b2mamy.com.br

Nos acompanhe!

  • whatsapp (3)
  • Instagram
  • youtube
  • Facebook
  • linkedin

Casa B2Mamy - Fechada temporariamente 

Em virtude da pandemia do coronavírus (COVID-19) e dos protocolos de segurança do Ministério da Saúde a Casa B2Mamy estará fechada até 30 de março.

Te esperamos em Casa, em breve!

Rua Mateus Grou, 576 Pinheiros 

São Paulo - SP

#vamosjuntasmascomcuidado

Seja uma B2Mana e fique por dentro das novidades!
whatsapp.png