(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-7023691199406749", enable_page_level_ads: true }); 10 Perguntas Para Você Saber Se Quer Mesmo Empreender

10 Perguntas Para Você Saber Se Quer Mesmo Empreender

March 2, 2017

 

 

Ninguém nunca disse que empreender seria fácil, mas determinadas características pessoais podem tornar a missão de construir um negócio um pouco menos difícil. Sim, empreendedoras têm um DNA comportamental e, se você está cogitando a possibilidade de abrir uma empresa, é importante que você faça uma autoavaliação antes de dar qualquer passo.

 

 

1 – Estou preparada para trabalhar mais?

 

 

Engana-se quem acha que a vida de uma empreendedora é acordar às 10h, sentar-se à mesa e apreciar a vista lendo as notícias do dia. Bem, pode ser que algumas pessoas consigam, mas acredite, não é regra.

 

 

A dona do seu próprio negócio está sempre pensando em trabalho. Prospecção, negociação, pagamentos, inovação são assuntos que estão na mente de uma empreendedora quase 100% do tempo, mesmo quando está de férias com a família toda.

 

 

2 – Tenho iniciativa suficiente?

 

 

É bem provável que, caso você escolha empreender, muitas ações dependerão de você mesma, sobretudo do início do seu negócio. Esteja preparada não só para assobiar e chupar cana como a plantar e cortar a cana. Não existe sucesso empresarial para quem não vence a inércia. Uma empreendedora nata não espera ninguém fazer, ela vai e faz.

 

 

3- Vou esperar o lucro?

 

 

Talvez a escolha por empreender seja baseada na sua atual situação financeira. Começar a comercializar algum produto ou serviço que você mesma faça é uma alternativa comum, mas é preciso avaliar bem caso seu plano seja construir um negócio.

Nem sempre o retorno é tão rápido e tão alto quanto o desejado. Muitas empresas têm tudo para dar certo, mas a ansiedade e impaciência de seu gestor acabam prejudicando uma análise mais fria sobre a evolução do negócio.

 

 

4 – Gosto de pessoas?

 

 

Nenhum homem é uma ilha, não é mesmo? Imagina se esse homem ou mulher for uma empresária? Mesmo se o seu negócio for vender comida para peixe, você terá que se relacionar com pessoas. E, nesse caso, as pessoas não são somente os clientes, mas também fornecedores e colaboradores.

 

 

É muito importante desenvolver uma habilidade no relacionamento interpessoal, afinal, como líder, a dona de qualquer negócio precisa saber nutrir um clima de colaboração e amistoso entre toda sua rede de contato.

 

 

5 – Sei lidar bem com imprevistos?

 

 

Ao mesmo tempo em que a vida de quem empreende precisa de uma rotina, um dia nunca será igual ao outro. É preciso muito jogo de cintura e criatividade para saber administrar o que não estava previsto. Se você for uma pessoa muito metódica e tiver dificuldades em pensar no plano B de forma ágil, será necessário exercitar isso e usar essa característica “apegada a métodos” a seu favor.

 

 

 

6 – Sou organizada?

 

 

Seu armário pode estar uma bagunça, mas você precisa ter detalhado todos os custos do último mês da sua empresa. Os prejuízos da má administração são bem piores do que perder uma meia no emaranhado do guarda roupa.

 

 

Uma empresa sem organização em seus processos acarreta perda de produtividade e de dinheiro. Portanto, caso você queira ter seu negócio, esteja preparada para praticar, e muito, a organização.Hoje, existem muitas ferramentas que podem auxiliar nesse processo. Alguns aplicativos, por exemplo, ajudam na administração de agendas, custos e até de ideias.

 

 

 

7 –  Estou disposta a aprender?

 

 

A essa altura você deve estar pensado que precisa ser a super mulher para empreender, mas não é bem assim. Ninguém precisa ter todas as habilidades do mundo, mas nenhuma empreendedora pode se negar a aprender.

 

 

Pode ser que seu forte não seja finanças ou marketing, mas é imprescindível ter algum conhecimento sobre essas e outras áreas. Além disso, ter uma rede de especialistas de confiança é uma boa alternativa, mas isso não substitui a dose de curiosidade que toda empreendedora deve ter.

 

 

8 – Gosto de vender?

 

 

Essencialmente, empreender é vender.  Além de saber e gostar de vender seus produtos ou serviços, uma empreendedora deve estar apta a vender sua ideia. Ter argumentos e conhecer bem o mercado é essencial para converter prospects em clientes.

 

 

Caso o comercial não esteja na veia de uma empreendedora, é possível buscar técnicas que poderão desenvolver essa parte, mas, seja como for, VENDA!

 

 

9 - Tenho facilidade em tomar decisões?

 

 

Tomar decisões faz parte da vida de todas as empresárias a todo instante. Ser uma pessoa muito insegura pode atrapalhar o andamento do negócio. É importante sempre estar atenta ao timing de decidir e fazer.

 

 

Para quem é mais insegura e mesmo assim se enxerga empreendendo, a dica de ouro é o conhecimento. Quanto mais você sabe sobre determinado assunto, mais segura você estará em tomar decisões assertivas e sem perder tempo.

 

 

10 – Consigo ser disciplinada?

 

 

Eis aqui o grande desafio para as mentes criativas. Geralmente, uma empreendedora de berço é uma pessoa criativa e ligada no 220 volts e isso pode ser difícil na hora de manter-se disciplinada. Porém, como quase tudo nessa lista, também é algo que pode ser aprendido e desenvolvido. O importante é compreender que manter uma rotina poder acelerar os resultados.

 

 

 

 

E agora, depois de se fazer todas essas perguntas, empreender é para você? Obviamente que não precisa ter 100% das características acima, mas é bom saber que em muitos momentos você vai ligar com fatores que talvez não goste tanto. Pronta para a aventura?

 

#b2mamy #b2manas #vcnaoestasozinha #chegajunto

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Post em Destaque

Business Intelligence: saiba como aplicar a análise de dados na sua empresa

December 10, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Pesquisa por Tags