Como cultivar o mindset de crescimento em crianças?

Artigo desenvolvido por: Aline Saito

Casinha B2Mamy

1 | O que é Mindset?

Em termos práticos, o conceito significa o conjunto de atitudes mentais que influencia diretamente nos nossos comportamentos e pensamentos. A estudiosa e professora de psicologia da Universidade de Stanford nos Estados Unidos Carol S. Decker, autora do best-seller "MINDSET - A nova psicologia do sucesso" desenvolveu esta filosofia devido aos seus esforços e aprofundamento na área do conhecimento. Ela explica que nosso mindset mostra o nosso modo otimista ou pessimista de enxergar diversas situações da vida e de como se portar diante delas. Após pesquisar durante muitas décadas, a especialista que é referência no assunto, chegou à conclusão de que existem dois tipos de mentalidades distintas: a fixa e a progressiva.

mindset infantil

2| Qual a importância do mindset de crescimento?


Imagine-se diante de um desafio. Se você tem uma crença de que seu conhecimento e habilidades não podem mudar, qual é o nível de sua motivação para tentar alcançar este objetivo? Muito baixo, certo? Justamente se baseando neste exemplo simples, podemos

esclarecer vários pontos que vão te levar a ter a certeza que nutrir o mindset de crescimento dentro de sua família 'e um ponto de super importância.


Nossas crenças moldam nossa mentalidade e nossa mentalidade tem a força de nos impulsionar ou frear diante da tomada de decisões e até mesmo como nos enxergamos. Ver o fracasso como um passo importante para atingir o crescimento, ter vontade de enfrentar desafios e paixão por aprender são algumas crenças que fazem parte deste tipo de mindset e esta mentalidade está ligada a uma maior realização na vida.


3 | Como abordar o tema com sua criança?


Uma boa opção para começar a abordar este assunto com as crianças é separar por partes. Que tal começar conversando sobre o que é crescer. Crescimento significa desenvolver, mudar, amadurecer, evoluir. Quais tipos de coisas crescem? Você sabia que o nosso cérebro cresce?! Depois converse sobre a mentalidade. A mentalidade é a maneira como nosso cérebro se percebe e o mundo. Nossa mentalidade nos ajuda a olhar para os problemas e erros de uma maneira positiva! Então podemos juntar os dois! Acreditar no poder de si e do seu cérebro é ter uma mentalidade de crescimento (quando achar oportuno, mude a palavra mentalidade para mindset). Você sabia que o nosso cérebro cresce quando tentamos coisas novas, erramos e superamos desafios? Quando achamos que fazer uma coisa é difícil isso significa que precisamos treinar para conseguir fazer e errar faz parte do treino e quando não desistimos acabamos chegando onde queremos! Já quando achamos que não conseguiremos fazer algo, sem nem ao menos treinar, isso faz parte de uma forma de pensar fixa...


4 | Desafios para solidificar o conhecimento



A força da palavra


Em uma folha branca fala duas colunas, uma sendo: "Ao invés de" e a outra sendo "Eu posso dizer". Depois de montá-la você pode explicar sentença para a criança e a diferença de usar uma ou outra (encorajamento, acreditar em seu potencial...) e sempre que necessário revisite e volte a explicar o conceito. Isso irá fazer com que o conhecimento fixe.


Veja alguns exemplos:


Ao invés de:

Eu não sou bom nisso.

Eu posso dizer:

Eu não sou bom nisso AINDA, mas vou aprender.


Ao invés de:

Isso é muito difícil.

Eu posso dizer:

Para fazer isso vou precisar me esforçar e encontrar uma forma de aprender.


Ao invés de:

Tenho medo de errar.

Eu posso dizer:

Quando eu errar vou aprender e assim ficar melhor.


Ao invés de:

Isso é muito fácil.

Eu posso dizer:

Como posso tornar isso mais desafiador.



Afirmações


Que tal escrever afirmações que irão fortalecer esta forma de pensar? Vocês podem fazer isso juntos e adicionar figuras de uma revista ou desenhos que tenham alguma conexão às frases e deixar este "cartaz" colado (pode ser com fita crepe) em uma parede ou porta no quarto da criança para que seja um lembrete diário.


Veja alguns exemplos:

  • Erros ajudam meu cérebro a crescer.

  • Eu posso aprender qualquer coisa, com treino!

  • Eu peço por ajuda, quando preciso.

  • Eu tento coisas novas.

  • Quando eu não acerto uma coisa, eu tento novamente.


Ligue-ligue


Escrevam frases que tenham relação ao mindset fixo e de crescimento. Recorte cada uma delas. Desenhe ou imprima uma imagem de um cérebro e faça, em um deles, uma carinha feliz e no outro uma carinha triste. Disponha-os sobre a mesa ou o chão e peça para a criança escolher se a frase faz parte de um mindset fixo ou de crescimento. Mesmo que a criança não saiba ler, você pode ler e comentar com ela. Caso ela erre o conceito, será uma ótima oportunidade para revisitar a explicação e repetir o exercício em outro momento.



Step by step


Tem algum desafio que a criança queira alcançar? Que tal usar isso para montar um plano de ação! No topo de uma folha escreva: Eu não aprendi a fazer ____________ AINDA!


Passo 1 para aprender a __________: XXXXXX

Passo 2 para aprender a __________: XXXXXX

Passo 3 para aprender a __________: XXXXXX




Alinhando as expectativas


Vamos aqui criar uma atividade que ajude a mostrar para a criança que existem coisas que ela controla e outras que ela não controla para assim minimizarmos decepções e frustrações. Você pode usar uma folha A3 ou cartolina ou, até mesmo, duas folhas A4 para montar os cenários a seguir.


  • De um lado escreva "Coisas que eu controlo" e do outro " Coisas que eu não controlo".

  • Use recortes de revistas, figuras impressas ou desenhos para ilustrar situações de cada conceito, por exemplo:


Controlo: Cuidar de mim e da minha saúde, pedir ajuda, aprender com meus erros, ser paciente, meu esforço, ser gentil...


Não controlo: Coisas que eu preciso fazer (tarefas), ficar doente, o tempo (frio, chuva...), o que os outros dizem, errar sem querer...



5 | O Poder do ainda


Quando falamos em configurar nossa mentalidade para acreditar em sí, realmente esta palavra tem força. Sempre que sua criança ter uma atitude peculiar ao mindset fixo, use a palavra AINDA para reconfigurar esta crença, por exemplo: Eu não consigo pular corda! => eu não consigo pular corda, AINDA... Vamos treinar filha(o). Você pode usar a estratégia do "step by step" para ajudar a criança neste desafio. Depois que ela alcançar o objetivo relembre que antes ela não conseguia mas vocês usaram a palavra AINDA, treinaram e agora ela consegue.


6 | Como elogiar


Casa B2Mamy

O sentimento que bate quando a criança faz algo certo 'e muito bom e geralmente sempre rebatemos um baita elogio para demonstrar o quão legal foi aquilo, certo? Sim, mas elogiar sempre pode causar uma dependência desta ação nas atitudes da criança que irá se tornar um adolescente e depois adulto.


Não queremos que nossas crianças sejam motivadas por algo apenas externo, como um elogio vindo de nós. Precisamos que ele se automotive independente da aprovação que vem de terceiros. Mas podemos usar o elogio na hora certa e de forma adequada para ajudar na autoestima, também.


Vamos a alguns exemplos:


Elogie o processo e não a habilidade. Ex: Ao invés de "Você é muito bom em resolver quebra-cabeças", você pode usar "Você usou uma ótima estratégia para resolver este quebra-cabeças".


Evite antecipar a recompensa com elogios, recebendo uma recompensa antes de atingir o objetivo a criança pode perder o interesse. Evite comparar com outros e foque na habilidade individual.


7 | A importância da pausa


Tudo, em extremo, perde o benefício. Mesmo com todas estas qualidades em se ter e treinar o mindset de crescimento não podemos exigir ou pressionar a criança a atingir objetivos, treinar e se esforçar de uma forma que se aproxime do esgotamento. Por isso, quando a criança estiver seguindo seu plano para aprender ou conseguir algo 'e muito importante estarmos atentos e mostrar a ela que uma PAUSA pode ser essencial para chegar na meta desejada.


Muitas vezes quando estamos ociosos conseguimos que o nosso subconsciente traga a tona algo que pode ser a ligação com a resolução de um problema (você já lembrou de algo por fazer ou teve uma ideia ao tomar banho?) e isso acontece pois tiramos a tensão, o foco da atividade e isso trás fluidez a nossas conexões neurológicas.


Tente ilustrar um momento como este (fadiga) para a criança e explique que, quando ela sentir isso, a melhor saída é fazer uma pausa. Pode sugerir escutar música, pular corda, brincar de massinha...


8 | Filmes que reforçam este conceito


Foto de Ketut Subiyanto no Pexels

Que tal assistir a um filme com a criança e enaltecer pontos em que os personagens tem atitudes de mindset de crescimento e fixo para trazer, ainda mais, este conceito ao cotidiano? Você pode conversar sobre como os conceitos apareceram no filme ao terminar ou, até mesmo, dando pause no momento que achar oportuno para discutir com a criança e até mesmo entre a família.


Seguem alguns exemplos:


- Karate Kid

- Wall-E

- Frozen

- Kung Fu Panda

- Moana

- Frozen

- o Bom dinossauro

- Zootopia

- Trolls


Conteúdo produzido por:


Aline Saito

Desenvolver Brincando




68 visualizações

Whatsapp (11) 942352721

casa@b2mamy.com.br

Nos acompanhe!

  • whatsapp (3)
  • Instagram
  • youtube
  • Facebook
  • linkedin

Casa B2Mamy está aberta!

 

Horário de funcionamento
10h às 18h *exceto de feriado


A Casa B2Mamy Wishe está tomando todas
as medidas de segurança e higienização baseadas no protocolo governamental do Plano São Paulo.

 

Te esperamos em Casa

Rua Mateus Grou, 576 Pinheiros 

São Paulo - SP

#vamosjuntasmascomcuidado

Seja uma B2Mana e fique por dentro das novidades!
whatsapp.png