top of page

Como se proteger das ondas de calor?

Artigo escrito por Purificadores Europa


Ondas de calor: Na década de 90, passávamos em média 7 dias ao ano com ondas de calor. Em 2020, esse número saltou para 52 dias. Saiba como se proteger

ondar de calor: termometro marcando a temperatura

Um novo estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontou que, nos últimos 30 anos, houve um aumento de sete vezes na quantidade de dias no ano em que os brasileiros vivem sob uma temperatura bem alta - sem contar os fenômenos recentes de calor de 2023.


O levantamento determinou ondas de calor como "um mínimo de seis dias consecutivos em que a temperatura máxima supera um limiar de 10% do que é considerado extremo, comparado ao período de referência".


Há poucos dias, o país vivenciou uma onda de calor que bateu recordes, com a sensação térmica passando dos 50 graus em algumas cidades.


A má notícia é que eventos como esse podem se tornar ainda mais frequentes e intensos daqui em diante. Por isso, é fundamental saber como cuidar da saúde em dias de calor extremo, e a principal maneira de se prevenir é beber bastante água


Mantenha a hidratação em dia

mulher branca bebendo agua
Foto de engin akyurt na Unsplash

A exposição direta ao sol e a falta de hidratação podem levar a consequências que vão desde queda de pressão a desmaios, além de aumentar o risco de doenças graves como o melanoma, uma das formas mais graves do câncer de pele.


Somados ao calor, os baixos índices de umidade relativa do ar podem impactar a saúde de toda a população, em especial dos mais vulneráveis, como idosos, crianças, pessoas com problemas cardíacos, respiratórios ou de circulação, diabéticos e gestantes.


Manter a hidratação em dia é fundamental sempre, mas diante de cenários com altas temperaturas, o cuidado precisa ser redobrado.


Aqui vão algumas dicas para você se preparar para o verão e para as próximas ondas de calor:


1. Não espere a sede chegar


A sede é um dos primeiros sinais da desidratação. A boca seca é um sinal que o cérebro envia para dizer que o corpo já está levemente desidratado. Para driblar esse problema, a recomendação é beber água ao longo do dia, fracionando o volume total em doses menores.


A ingestão insuficiente de água faz com que o corpo apresente sinais mais perigosos, como: fraqueza, tontura, náuseas, dor de cabeça, cãibras musculares e diarreia. A urina escura, cansaço e pele ressecada e pele ressecadas também são sinais. Fique de olho!


2. Água de qualidade, na medida certa


Uma boa dica para fracionar a ingestão de água ao longo do dia, é se hidratar de uma em uma hora, em especial nos períodos de calor excessivo, ingerindo cerca de 200 a 300 ml por vez.

A recomendação de beber 2 litros de água por dia é uma média mundial estabelecida pela OMS. Por outro lado, essa quantidade varia de acordo com sexo, idade e peso da pessoa, se faz atividade física, se é sedentário ou se trabalha ao ar livre, por exemplo. Há ainda outros quadros que requerem cuidado, como doenças crônicas, porque a falta de água pode afetar o bem-estar físico e mental.


Crianças e idosos precisam de mais atenção


Para os pequenos, o indicado é sempre oferecer água fresca quando ao notar que a criança está em um ambiente abafado há muito tempo ou que ela tem sede, lembrando apenas que crianças abaixo de seis meses de idade devem beber leite materno – e não água.


Já pessoas idosas tendem a ter menos sensação de sede do que as jovens, você sabia? Por isso, a atenção para que não ocorra desidratação deve ser redobrada.

Portanto, as pessoas mais velhas também precisam ser estimuladas a se

hidratarem, mesmo sem ter sede, assim como as crianças.


A alimentação também pode ser também uma grande aliada na hora de diversificar a oferta, já que frutas e verduras contêm grande potencial complementar na hidratação. Melancia, melão, acerola, laranja, mexerica e abacaxi, por exemplo, são compostos por uma alta porcentagem de água, além de vitaminas e minerais. Sucos e picolés feitos do suco natural de frutas também são uma boa alternativa.


Além disso, é preciso evitar alimentos e preparações gordurosas e buscar uma alimentação mais leve e saudável nos dias mais quentes.


Outros cuidados importantes


A aplicação de protetor solar é essencial para proteger a pele, tendo como principal intuito a redução de risco da evolução de doenças como melanoma e outros tipos de câncer de pele.


Outras recomendações importantes neste período são: evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h; utilizar roupas leves, bonés ou chapéus e o protetor solar; deixar as janelas abertas em casa e em veículos sem ar-condicionado; manter ambientes úmidos com umidificadores de ar, toalhas molhadas ou baldes de água; e tomar banhos ligeiramente mornos, evitando a mudança brusca de temperatura.


Anotou aí? Agora você já está mais preparado para suportar o calor sem descuidar da saúde!


logo purificadores europa

Texto produzido pela empresa Europa

Somos pioneiros no mercado brasileiro de purificador e filtragem de água. Trabalhamos há 39 anos para entregar água tratada e de qualidade para todos!

Posts recentes

Ver tudo

Sinais de alerta para ir à maternidade

Para evitar o famoso “alarme falso”, é bom entender as fases do trabalho de parto. Este processo costuma durar algumas horas, então não é necessário correr para a maternidade na primeira contração. Pr

Comments


bottom of page